domingo, 24 de março de 2013

Finalmente escrevendo de novo...

Gente!!!!!! Que vergonha, já tem 7 meses que eu não posto nada! Desta vez, sem escola, sem nada nem ninguém para me impedir, apenas eu mesma. Estou passando por uma fase difícil, meio depressiva e confusa, mas já estou melhorando. Acabei de entrar no 7º ano, a antiga sexta série, que todo mundo fala que é muito difícil, e agora estou estudando de manhã. Estou super bem num sentido geral, comigo mesma, com os outros, em paz com o mundo, sabe? É ótimo se sentir assim, livre. SER feliz, e não simplesmente ESTAR feliz. Hoje estou aqui, compartilhando tudo isto com vocês. Talvez amanhã já esteja do outro lado do mundo, estudando, fazendo intercâmbio... A vida sempre nos separa das coisas que conhecemos, não é mesmo? Mas é necessário isto... Se afastar, ir para outro lugar... Este espírito aventureiro ás vezes simplesmente nos domina, há uma certa dignidade em partir para o desconhecido, em procura de qualquer coisa que, lá no fundo, nem nós mesmos sabemos o que é. Isso é crescer..
Não sei se já compartilhei com você que minha mãe escreveu um livro e poesias. A ESPERA. Eu estava lendo ontem, e descobri uma lindíssima, que queria colocar aqui para vocês também lerem.

NO MAIS

É cedo demais
Espere a chuva passar
O dia foi tão bonito
Estrelas ainda podem brilhar

Vou sentir saudades
Ainda não aprendi a perder
E as lágrimas não vão me tirar da solidão

Vai,
Se você precisa ir
Tome cuidado lá fora
A chuva ainda não parou de cair

E se um dia  quiser voltar
Não precisa olhar para trás
Venha sem dúvida alguma
E deseje tanto quanto eu
Me encontrar aqui

Se algum dia você voltar.

Renata Menduni